Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BURRO VELHO

BURRO VELHO

04
Mar23

Dos meus filmes - Living

BURRO VELHO

Living.jpg

 

Quem no fim deste filme não se deixar comover e acreditar, nem que seja só durante 15 minutos, que temos de aproveitar cada segundo das nossas vidas e que vale sempre a pena tentar fazer a diferença, deixar uma marca boa, então que veja lá o que se passa com esse coração empedernido.

Pode ser um filme despretensioso e a puxar ao sentimento e por isso não entrar no clube dos grandes filmes, who cares, mas toda aquela fleuma britânica dos anos 50, cinzentona, é filmada duma forma tão delicada e tão bonita que achei o filme uma pequena grande maravilha (além das interpretações e dos diálogos a banda sonora e a direção artística são também notáveis, aquela patine vintage sobre Londres dos anos 50 é lindíssima).

O Bill Nighy, adoro-o desde os tempos do fantástico Love Actually, não vai ganhar o Óscar, estas interpretações super contidas não costumam dar prémios, e sou team Paul Mescal e com muita curiosidade em ver o favorito Brendan Frazer, mas se o Bill ganhasse eu ia dar uns saltos de alegria. The real true gentleman.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub