Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BURRO VELHO

BURRO VELHO

10
Nov23

Dos filmes que vejo - Jeanne do Barry, de Maïween

BURRO VELHO

WhatsApp Image 2023-11-05 at 19.28.35.jpeg

 

Vemos Jeanne du Barry - a história real de amor de um bonzinho Luís XV, le Bien-Aimé, com a sua amante preferida, a própria que dá o título ao filme -, mais ou menos com o mesmo prazer com que visitamos Versailles ou um qualquer museu do traje, com a beleza dos dourados e dos brocados próprios da época, mas para além do esplendor e da sua extrema beleza o filme tem vários outros méritos, Maïween é convincente na forma elegante e sensual, sem nudez mas com erotismo, como defende a sua cortesã, e além da bonita história de amor e de algumas curiosidades históricas, sobra ainda uma interessante luta de emancipação feminina numa altura que as mulheres, na melhor das hipóteses, eram simples objetos – falta-lhe algum fôlego mas Jeanne du Barry é sem dúvida alguma um filme simpático.

Johnny Deep, americano de gema como Luís XV num filme francês? Deep nunca será um grande ator mas a sua irreverência sempre gerou empatia, e em pleno rescaldo do seu escandaloso divórcio, só pode ter sido uma estratégia de marketing, e, aparentemente, bem sucedida.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub