Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BURRO VELHO

BURRO VELHO

15
Nov23

Dos documentários que vejo - Viver a vida até aos 100 anos, o segredo das zonas azuis

BURRO VELHO

WhatsApp Image 2023-11-14 at 20.59.42.jpeg

 

O documentarista Dan Buettner, com uma equipa de antropólogos, médicos e epidemiologistas, reconheceu que nalgumas zonas do mundo concentra-se um número anormalmente elevado de pessoas centenárias, as chamadas ‘zonas azuis’.

Ao longo de vinte anos estudaram a fundo estas comunidades - Okinawa, no Japão, Sardenha, na Itália, Nicoya, na Costa Rica, Ikaria, na Grécia e Loma, na Califórnia  -, a sua história e geografia, e procuraram identificar hábitos de vida comuns que possam explicar esta longevidade, e mesmo admitindo que algumas destas características não surtam efeito em nós próprios, não deixa de ser um excelente mote para nossa reflexão – eis alguns dos traços que predominam nestas povoações em que muitos habitantes vivem mais de cem anos:

- Comem aquilo que a terra dá, aquilo a que chamamos hoje uma dieta plant based;

- Ninguém passa horas no ginásio ou corre maratonas, mas cansam o corpo ao longo do dia;

- Vivem em ambientes com muitas colinas obrigando-os ao movimento e impedindo o sedentarismo;

- Vivem em comunidade, rodeados de família e amigos, e cuidam dos mais velhos, os lares quase não têm ‘clientes’;

- Dormem a sesta;

- Vivem devagar;

- Acordam todos os dias com um propósito de vida, aquilo que no Japão chamam ter um Ikigai.

Muito interessante, e se não pudermos ser todos centenários, que possamos pelo menos melhorar um pouco a nossa qualidade de vida. Na Netflix.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub